Conheça Eduardo Righi, ex-aluno que trabalha no mercado de games dos EUA

about us page title image
  • Conheça Eduardo Righi, ex-aluno que trabalha no mercado de games dos EUA

    Conheça Eduardo Righi, ex-aluno que trabalha no mercado de games dos EUA

    Em seu currículo consta a participação na construção de personagens e jogos renomados nas empresas Nintendo e Unity

     

    Eduardo-csa

    Eduardo na época de CSA

    Eduardo Righi, ex-aluno do Colégio Santo Antônio, é exemplo de perseverança na busca por seus sonhos. Ávido jogador e fã de jogos eletrônicos desde os 10 anos, ele aprendeu os princípios básicos de programação e criação de jogos na sua infância. Desde então, não parou mais.

     

    Atualmente, faz carreira na Unity, notável empresa de tecnologia e criação de jogos situada na Califórnia, nos Estados Unidos. A empresa tem sido base da criação de jogos de renome, como o “Pokemón Go” e “Super Mario Run” e seus games e aplicativos somam 2,6 bilhões de downloads.

     

    Em sua caminhada, Eduardo trabalhou na Nintendo, também nos Estados Unidos, atuando exclusivamente no jogo “Mario vs Donkey Kong: Tipping Stars”. O ex-aluno foi, inclusive, premiado pela sua participação nessa criação.

     

    “Trabalhar nesse jogo foi um privilégio! Dar vida a personagens que marcaram a minha infância como Mario, Yoshi e Peach é uma emoção indescritível”, explica.

     

    Super-MarioEduardo conta que sua jornada nesse ramo começou no Colégio Santo Antônio. Ele estudou no CSA entre os anos de 1998 e 2007. Na época, propôs à diretoria um projeto de criação de aulas de robótica e de programação de jogos. Depois de se formar, foi o professor desses cursos no “CSA Avançado”, projeto de iniciação científica voltado a alunos do Ensino Médio. “Essa oportunidade foi crucial para a minha decisão de seguir na carreira de jogos”, conta Eduardo.

     

    Placa Nintendo recebido pelo Eduardo

    Placa Nintendo recebido pelo Eduardo

     

    Paralelamente ao trabalho de professor nos cursos do CSA, Eduardo ingressou no curso de Engenharia Elétrica. “Acabei sendo contratado por um estúdio de games de Belo Horizonte e então decidi mudar os rumos da minha carreira para me especializar nessa área”. Foi quando Eduardo mudou-se para os Estados Unidos para frequentar uma faculdade especializada em jogos, área de sua paixão.

     

    Mesa Unity

    Eduardo e sua mesa de trabalho na Unity

     

    Natal Unity

    Eduardo trabalha hoje na Unity / USA

    rtNo início, os pais de Eduardo ficaram receosos com sua escolha. “Em um primeiro momento a ideia foi recebida com estranheza e preocupação. O receio da minha família era de que, pelo fato dessa área não ser muito explorada no Brasil, eu tivesse dificuldades no mercado de trabalho. Porém, após muitas conversas e pesquisas sobre o potencial do ramo, eles passaram a me dar total apoio”, conta.

     

    ghostO mercado de jogos no Brasil, segundo Eduardo, está em constante ascensão, mas a área ainda precisa de investimento. “Em 2012, Belo Horizonte contava com apenas três estúdios de jogos, sendo que hoje em dia soma mais de 40 estúdios em atividade, além de uma associação mineira de desenvolvedores de jogos. Em todo o país o número de estúdios aumentou em quase 600% nos últimos oito anos. Já começamos a ver algumas produções nacionais a ganhar notoriedade mundial. Estou otimista em relação ao futuro do país como produtor de games”, explica.

     

     

     

    * Imagens das personagens são de direitos da Nintendo Co., Ltd.

     

    modelo 02

    Deixar um comentário

    Campos marcados com * são obrigatórios.*