Políticas para a Juventude 2017

about us page title image
  • Políticas para a Juventude 2017

    Políticas para a Juventude 2017

    No último sábado, 24/06/2017, no teatro Frei Hilário, aconteceu um Seminário sobre Racismo como parte integrante da Semana de Políticas para a Juventude. Foram escolhidos 4 episódios da série da Netflix Dear White People, para que os estudantes pudessem vivenciar situações cotidianas de racismo, que muitas vezes passam despercebidas pela população e pela Juventude.

     

    O evento, organizado pelo Setor de Serviço Social do Colégio Santo Antônio, atende prioritariamente aos estudantes da Gratuidade Educacional, contudo, todos os estudantes do Ensino Médio foram convidados.

     

    Para o debate, foram convidadas para o painel as professoras Ana Laborne (professora e pesquisadora do Observatório da Juventude e do Programa Ações Afirmativas na UFMG) e Júnia Costa (professora do curso de pedagogia da PUC Minas).

     

    Ana Labourne e Júnia Costa trabalharam conceitos que nos ajudaram a compreender a profundidade do racismo brasileiro e suas articulações, trazendo para a discussão o privilégio de ser branco e os aspectos centrais que reforçam a cultura do opressor e oprimido. Apresentaram os impactos que a invisibilidade com que algumas formas de violência potencializam os efeitos das desigualdades raciais sobre a juventude, bem como os impactos na vida das pessoas que as sofrem.

     

    Quando aberto a perguntas, os estudantes levantaram temas como “apropriação cultural”, “até que ponto uma atitude ou fala é ou não racismo”, dentre outros.

     

    No final do seminário, as professoras reforçaram a alegria de estarem discutindo estas questões com os jovens e no meio escolar, que elas consideram ser um grande passo para mudanças e parabenizaram o CSA pela iniciativa e pelo levantamento da discussão.

     

    modelo 02

    Comments (1)

    • Enalteço a realização do debate promovido pelo CSA quanto a Semana de Políticas para a Juventude em que através do Seminário sobre Racismo, pôde-se dissertar e discutir situações cotidianas de racismo, passível de abordar tal situação dentro do próprio colégio.
      Dos temas mais complexos em se discutir à luz de nossa realidade cotidiana, mas de suma importância como instrumento de formação do caráter e da cidadania de nossos filhos.
      Como resido no interior do estado, nem sempre posso estar presente nos eventos organizados pelo Setor de Serviço Social do Colégio Santo Antônio,mas sinto-me gratificado pela oportunidade de nossos filhos ter acesso a informações que os ajudem a se tornarem pessoas melhores respeitando as diferenças.
      Parabéns!
      Paz e Bem !

      Reply

    Leave a comment

    Required fields are marked *