Aluna do CSA conquista o 2º lugar nacional em concurso da Embaixada da Espanha no Brasil

about us page title image
  • Aluna do CSA conquista o 2º lugar nacional em concurso da Embaixada da Espanha no Brasil

    Aluna do CSA conquista o 2º lugar nacional em concurso da Embaixada da Espanha no Brasil

    O conto escrito pela aluna Mariana foi um dos ganhadores

     

    A aluna Mariana Teixeira, da 1ª Série do Colégio Santo Antônio, conquistou o 2º lugar nacional no IV Concurso de Relato Breve promovido pela Consejería de Educación da Embaixada da Espanha no Brasil e pelo Colégio Miguel de Cervantes, de São Paulo, em colaboração com o Consulado Geral da Espanha em São Paulo e do Instituto Cervantes no Brasil.

     

    O tema do concurso foi “bens culturais ou naturais reconhecidos pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade”. Os relatos deveriam ser obras originais e inéditas, além de estarem escritos em espanhol. Os participantes precisaram apresentar os trabalhos individualmente, de forma on-line, e a participação foi com apenas um texto.

     

    Mariana Veríssimo Teixeira

     

    Mariana Teixeira participou com o seu conto Una visita a la Cueva de las Manos e recebeu como prêmio, pelo 2º lugar nacional, um lote de livros, um certificado e um iPad.

     

    O convite para a participação dos alunos do CSA no concurso partiu da Rede PEA-UNESCO, da qual o Colégio Santo Antônio é membro desde 2018. Com o apoio da professora de Espanhol Junia Silva, os alunos puderam participar e concorrer com estudantes de língua espanhola de unidades escolares de todo o Brasil.

     

    “Como professora de Espanhol no Colégio Santo Antônio, reconheço leitores curiosos e escritores criativos em minha prática diária, e o resultado é perceptível tanto nos momentos ricos da aula quanto em participações como esta, da aluna Mariana e de dez outros colegas, no IV Concurso de Relato Breve. Mariana representa todos os que se motivaram, escreveram e enviaram belas histórias que homenagearam o Patrimônio da Humanidade”, afirma, orgulhosa, a professora Junia Silva.

     

     

    Sobre o Patrimônio Mundial Cultural e Natural

     

    A Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial Cultural e Natural, de 1972, estabelece que certos lugares da Terra têm um “valor universal excepcional” e, portanto, pertencem ao patrimônio comum da humanidade.

     

    Atualmente, 193 países ratificaram a Convenção do Patrimônio Mundial e fazem parte de uma comunidade internacional unida na missão conjunta de identificar e proteger o patrimônio natural e cultural mais importante do nosso planeta.

     

     

    Leave a comment

    Required fields are marked *